Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sorriso

Domingo, 06.04.08

A luz do teu sorriso,

ilumina a solidão,

da minha alma triste,

já sem coração!

O brilho do teu sorriso,

é um canalha consentido,

entre duas almas distantes,

um malandro intrometido,

na cama de dois errantes!

Não basta ter brilho,

esse sorriso intrometido,

qual sacana que derruba,

todo o meu sentido!

Como fantasma errante,

recebo esse sorriso,

na companhia das noites,

que eu mais preciso!

 

 

 

 (E sapo, vê se atinas, que me pregaste um susto de morte, quando fiz publicar e deste erro, e eu já me estava a ver a esganar um sapo ultrasónico)

(E vê lá se publicas isto como eu escrevi, com separação entre versos, ai sapo, sapo, atina com isto, queres ser esganado, queres? )

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Dona das Chaves às 02:20


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930